Mundo de lo Publico

Movimento B

Nossas Redes Sociais

Para que a cada dia mais empresas, pessoas e instituições se comprometam a aumentar seu impacto positivo socioambiental, precisamos vincular o mundo público e o privado, precisamos promover políticas públicas e precisamos que mais pessoas queiram tornar esta mudança na economia possível, onde quer que elas estejam.

É por isso que o Sistema B está promovendo a criação de uma Lei de Sociedades de Benefício e Interesse Coletivo para cada país, para que haja um reconhecimento legal das empresas que querem aumentar seu impacto positivo. Já existe um Grupo Jurídico na América Latina que está trabalhando para que isto se torne realidade o mais cedo possível.

Mas estes esforços não bastam para nós: precisamos que as cidades também façam esta mudança, ajudando a criar um ecossistema e cidadãos mais conscientes. Por isto, apostamos no Cidades +B.

Lei de Sociedades de Benefício e Interesse Coletivo

O projeto de lei que o Sistema B está promovendo tem as seguintes características:

  1. O propósito da empresa se amplia e se define pela busca de um triplo impacto: econômico, social e ambiental.
  2. Os deveres dos administradores aumentam, passando a considerar os interesses de médio e longo prazo dos atores ligados ao negócio, incluindo os acionistas, funcionários, consumidores, a comunidade onde a empresa e suas subsidiárias atuam e o meio ambiente local e global.
  3. A empresa deverá preparar relatórios anuais sobre o progresso de seu triplo impacto. O relatório deverá se basear em normas desenvolvidas por pessoas independentes que permitam avaliar o triplo impacto.

Comunidade Jurídica Global B

anteproyecto ley arg1

A Comunidade Jurídica Global B tem o objetivo de promover uma agenda de influência em um marco regulatório e em políticas públicas favoráveis a este movimento.  

Nesta Era da Sustentabilidade, o principal desafio para este grupo composto por mais de 30 advogados da região é modificar as estruturas legais existentes para apoiar os acionistas que queiram fazer seus negócios de forma diferente, tendo como propósito o triplo impacto: social, econômico e ambiental, seja pela realização de sua atividade ou pela forma que a realiza. A inovação, portanto, estará em somar este “propósito” ao compromisso legal da empresa

Conheça seus membros aquí

Cidades +B

O Cidades+B é uma plataforma colaborativa entre o Sistema B e diversas organizações internacionais direcionadas ao desenvolvimento econômico sustentável das cidades. Ele incentiva as cidades da América Latina, as empresas e suas redes a avaliar seu impacto socioambiental para se conscientizar dele e implementar um programa de melhorias para a cidade por meio de seus negócios usando ferramentas online mundialmente conhecidas.

No Rio de Janeiro foi feito um projeto piloto chamado Rio+B, coordenado em conjunto com a Fundação BMW, a Fundação Ellen MacArthur (o think tank líder mundial no conceito de economia circular), a Rio Resiliente e a Fundação Rockfeller em colaboração com a prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e a Liga de Intraempreendedores.

As empresas que aderem a este compromisso respondem um breve questionário de 40 perguntas sobre cinco áreas (governança, funcionários, comunidade, meio ambiente e modelo de negócio) e depois se faz o acompanhamento de algumas dessas empresas para que desenvolvam um plano de ação capaz de aumentar seu impacto positivo na cidade.

O Rio+B está sendo implementando nos anos de 2016 e 2017, e são mais de 200 as empresas que estão aplicando as ferramentas e medindo seu impacto.

Veja a página oficial do Rio+B  

A cidade de Medellín, na Colômbia, já anunciou que se juntará a este projeto em 2017, sendo a segunda cidade da América Latina.